Se o tempo esfria, o macarrão udon esquenta tudo

Udon é um tipo de macarrão grosso que nem fio de capuz de moleton, feito de trigo, e tão comum no Japão quanto espaguete à bolonhesa para nós. Vem ensopado num molho à base de shoyu – mais escuro ou mais de acordo com o local – e pode levar várias guarnições: tofu frito, tempurá, massa de peixe (kamaboko e tikuwa), cebolinha, ovo e o que mais tiver na geladeira. Isso na versão caseira. Os restaurantes têm tipos definidos, que se alteram de acordo com a região do país.

Restaurante especializado em udon no Japão

Aqui em São Paulo, um dos locais mais famosos é o Udon Nakamura, no prédio conhecido por Food Center, nos confins da Liberdade. O proprietário, Nelson Kobayashi, aprendeu a receita com o tio, que trabalhava no Mercado Municipal do Centro. A receita é servida há 50 anos.

A primeira vez que fui ao Nakamura faz quase dez anos. Voltei lá no fim de semana passado e achei a receita um pouco diferente. O caldo na época era feito com carne bovina, em vez do original japonês com peixe. Parece tontinuar assim, mas com um pouco menos de potência. O cardápio também ampliou-se, com curry, lámen e pratos chineses. O Kobayashi não estava mais lá.

Udon Nakamura: a receita mudou um pouco, mas ainda tá valendo

Apesar de um pouco caro (R$ 25), o udon é grande e dá para uma pessoa. Mas a comparação com o teishoku, só cinco reais mais caro mas bem mais volumoso, é inevitável. De qualquer modo, vale pedir o macarrão para experimentar, sobretudo se não tiver uma avó que faça um melhor.

O curry…Não dá. É uma água ralinha com pó amarelo. Meu amigo pediu, e com um suco de frutas ainda, vixe…Pode benzer. Tinha  também um tonkatsu meio magrelinho.

Curry insossos, tonkatsu magrelinho…E um ovo frito! Mistura de PF com teishoku

Mas voltando ao udon, a província mais famosa pelo udon é Kagawa, em Shikoku, uma ilha perto de Hiroshima. Dizem que a água de lá produz o udon mais gostoso do Japão. Não sei se é verdade, porque nunca cheguei até lá (embora tenha passado muito perto). Mas frequentava uma rede dessa província em Tokyo e era muito bom, além de barato. Você mesmo escolhia as guarnições, que incluiam uns tantos tipos de tempurá, e o macarrão era feito na hora, com aquele formato quase perfeito, que só deixa algumas poucas irregularidades para provar que não é industrializado. Coisas que só o Japão consegue.

Udon instantâneo: é só jogar água e esquentar

Tem também udon instantâneo, tipo miojo. Tem no pacote normal e nessas embalagens cup noodles. Não é a melhor coisa do mundo, mas a qualidade acaba com os semelhantes daqui. Porque o macarrão é mais consistente e o caldo não tem o sabor tão forte de coisa pronta.

Udon Nakamura
Comentário resumido: não é o melhor udon do mundo, mas vale a pena para quem não conhece o prato.
Prédio Food Center – Rua da Glória, 103/111, 2º andar, Liberdade, São Paulo – SP, tel.: (11)3115-6369. Ar-condicionado e convênio com estacionamento.
Todos os dias(exceto às segundas), das 11h às 14h30 e dàs 18h às 22h30. Tickets: todos. Cartões: Visa, Visa Electron, MasterCard, RedeShop.
http://www.udonnakamura.com.br

About these ads
Comments
8 Responses to “Se o tempo esfria, o macarrão udon esquenta tudo”
  1. Flavio disse:

    Udon é feito com farinha de trigo e nao com trigo sarraceno. Soba é feito com trigo sarraceno.

  2. Daniel Ávila disse:

    não tenho avó japonesa mas já morei em tóquio, e sinto que em são paulo não há local que sirva ótimo udon (há udons gostosos, mas sempre lembro que no japão algo mais gostoso custava um quarto do preço…)

    mas, o que me diz do udon do haraguchi-san, do ban? é bastante farto e saboroso, e custa só uns três dinheiros a mais que esse daí (que, pela foto, não me pareceu muito apetitoso…)

    daniel

    • yakissobanao disse:

      Não experimentei ainda, Daniel. Mas tá parecendo uma boa ideia ir dar uma checada…Ainda mais agora que esfriou de novo.

      • Daniel Ávila disse:

        Hoje fui lá com uma turma de amigos comemorar meu aniversário, tive a chance de provar diversos pratos. Amiga pediu Kitsune Udon, bastante age, bem apetitoso.

        Fugindo um pouco do tema, os nigirizushi do Haraguchi-san também sem bem gostosos, e a preço bastante mais amigável que sushi de qualidade similar. Ah, o champon também é bem saboroso, farto em carnes.

    • Daniel Ávila disse:

      A proósito, bom era um lugarzinho em Takadanobaba, onde eu morava, chamado Kigokoro. (http://goo.gl/Pvz7d) Entre o horário do almoço e do jantar, além de arrumarem o salão, eles aproveitavam para fazer udon. Às vezes eu ia jantar cedo e pegava os caras cortando a massa numa mesona no fundo do restaurante, e eu pegava udon fresquinho… aqui em São Paulo não sei se há restaurante que ofereça udon “caseiro” assim…

      • Keidi disse:

        Nossa, de boas, o Nakamura é o pior restaurante do Food Center. O Nabeyaki Udon do Sukiyaki House ou do Mugui (ambos no Food Center) são bem melhores.

  3. Luciano Santos disse:

    Olá Amigo, meu nome é Luciano, hoje a minha shūtome comentou sobre o delicioso udon com tempurá de camarão do mercadão.

    Lógico que eu já imaginei que não havia mais tal lugar no mercadão, porque ela havia dito que comprava sementes para plantação e que um dia comeu aquele prato maravilhoso.

    saí a caça na internet com a ajuda do são google e encontrei você!

    Me parece que nem o Kobayashi e nem seu tempero continuam no lugar indicado (que não parece ser atrativo) e eu gostaria de saber se por acaso você sabe onde ele foi parar…

    Espero que você leia esta mensagem e que possa me ajudar, quero levá-la para comer este UDON Mágico mais uma vez….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: