Ser ou não ser um gourmet? A feia sina dos gastrochatos

Um comentário sobre “Ser ou não ser um gourmet? A feia sina dos gastrochatos”

  1. Aonde eu moro (Caxias do Sul) a equação é “simples”: quanto menos pretensioso for o lugar, mais chances de uma comida mediana ser considerada incrível. Quanto mais pretensioso for o lugar, mais chances tem de uma comida mediana ser considerada horrível. Um local caro com comida mediana não se mantém aqui. As pessoas querem a experiência completa, então se o local for caro, a comida tem obrigação de ser incrível! E quanto menos itens o cardápio tiver, maiores as chances da comida ser boa! (mas isso vale pra qualquer lugar hehehe)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s