Mesmo mais caro, Rong He – e suas massas ao vivo – valem a pena

4 comentários sobre “Mesmo mais caro, Rong He – e suas massas ao vivo – valem a pena”

  1. adoro o trabalho escravo chinês que faz abrir todos os dias, todas as horas, até feriados. tal como o salão das vietnamitas aqui ao lado do meu prédio. não importa a hora: cabelo e unha até depois da balada. Hahaha!

    Meu, vou ter que passar uma semana apenas comendo em Sampa só pra experimentar tudo o que você posta aqui e me faz babar no teclado. Preciso começar a descobrir esses chinões aqui em Dubai, mas nunca ninguém me acompanha 😦 Aí fico timidinha. Babei nesse macarrão com coentro. Todo mundo odeia esse tempero, mas eu adoro. Sou maluca por comida peruana, então já viu.

    (o pior é ler seu post e abrir a geladeira… e encontrar fruta, manteiga e água kkkkkk)

  2. O Rong He já teve um macarrão melhor, na minha opinião.
    No começo, o cara fazia todo o macarrão da casa ao vivo. Depois começou a ficar complicado e tudo é passado pela máquina, mas se pedir eles fazem ao vivo.
    Da última vez, ele veio meio farinhento, como se não tivessem lavado direito.
    Os outros pratos são muito bons, especialmente o pastel com nirá e camarão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s